3

5 ensinamentos que aprendi com o livro Monte Cinco


Postagem feita em especial para minha querida prima Bia. 

O Monte Cinco é um daqueles livros que todo mundo tinha que ler antes de morrer. Longe de mim discutir aqui sobre as fontes que todos nós sabemos que Paulo Coelho não cita, e as inúmeras citações de outrem que são camufladas nas suas histórias. Mas que são belíssimas obras, quem poderá negar? Tudo que eu quero é aprender e retirar o melhor dos ensinamentos para mim. Então, fiz uma listinha dos 5 principais ensinamentos  que aprendi com o Monte Cinco.

1º) Devemos andar/evolui para aprender/crescer e isso inclui cair/perder. 






2º) A mudança virá, ou porque você escolheu, ou porque o inevitável acontecerá: 






3º) Mude sem medo de perder o passado. Você já o perdeu.





4º) Seja Rebelde, saiba EXIGIR




 5º) As tristezas não ficam quando caminhamos para o que desejamos



O Monte Cinco foi escrito por Paulo Coelho em 1996.
Resenha completa do livro aqui


Há momentos em que as tribulações acontecem em nossas vidas, e não podemos evitá-las.Mas estão ali por algum motivo,só quando as ultrapassamos,entendemos porque estavam ali.



3 comentários:

  1. Que legal!
    Eu tenho esse livro a uns 2 anos e acredita que ainda não li /o\
    sempre tem outros que me atraem mais e eu acabo deixando ele de lado, essas dicas são ótimas, aguçou minha curiosidade.
    Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia ele. É muito bom. Eu passei por uma tragédia aos 12 anos, quando um acidente matou meu padastro, quebrou o pescoço de minha mãe e deixou minha irmã com o corpo todo ferido. Eu vi minha família destruída de repente, da noite para o dia, e minha mãe teve que recomeçar a vida sozinha com 3 filhos pra criar, Sem direito a pensão do falecido marido, ganhando apenas um salário mínimo. E com o pescoço quebrado e duas filhas traumatizadas. O livro fala sobre esses aspectos da vida, quando ocorre o inevitável. Quando Deus, ou a vida, dá aquela sacudida na vida da gente. Eu li o livro muitos anos depois, mas por causa da experiência traumática, eu pude perceber o quanto ele era verdadeiro e divino. Muita gente não gosta dele por causa do aspecto religioso. Mas eu não me importei com isso, pois o conteúdo é muito rico. :)

      Excluir
    2. Eu particularmente gosto muito do aspecto religioso, é incrível ver como Deus muda nosso destino, e na hora pensamos que é o fim, mas na verdade é apenas o começo de uma nova história, de um novo momento e ai passamos depois de muito tempo compreender o motivos das coisas.
      (obs: entendi a questão das poucas visitas, você escreve coisas sensatas, e poucas pessoas não gostam disso.)
      Parabéns :*
      Bjinhos

      Excluir

Atenção: Caso tenha blog, deixe o endereço do link sempre que comentar. Assim, todos os outros leitores curiosos podem visitar sua página.

------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Quando você comenta, me deixa muito feliz! Sua opinião é muito importante.
Tanto que vou até cantar uma canção: Você é lindo (a), mais que demais, você é lindo (a) sim, onda do mar.... (lá, lá, lá, láaaaaaa)

Pin It button on image hover